Páginas

15 de mar de 2010

Prêmio IgNobel




Como já escrevi, o Prêmio IgNobel se caracteriza por ser uma sátira do prêmio Nobel, e é dado a cada outono para a descoberta científica mais estranha do ano. Os prémios são entregues para honrar estudos e experiências que primeiro fazem as pessoas rir, e depois pensar. Foram criados pela revista de humor científico Annals of Improbable Research (Anais da Pesquisa Improvável), e os prêmios são entregues em Harvard.

A ideia é premiar pesquisas raras, honrar a imaginação, e atrair o interesse público para a ciência, a medicina e a tecnologia, e os prêmios foram entregues pela primeira vez em Harvard em 1991.

Tentarei trazer no "blog" as melhores pesquisas realizadas a cada ano, na minha opinião, e como já trouxe os do anos de 1991, 1992, 1993 e 1994, segue agora os melhores de 1995:

- Prêmio de Física: D.M.R. Georget, R. Parker, e A.C. Smith do Instituto de Pesquisa Alimentar (Institute of Food Research) de Norwich, Inglaterra, pela sua análise rigorosa de flocos de cereais de café da manhã empapados. A análise foi publicada no relatório "Um estudo do efeito do conteúdo de água no comportamento de compactação de flocos de cereais de café da manhã" (A Study of the Effects of Water Content on the Compaction Behaviour of Breakfast Cereal Flakes).

- Prêmio de Psicologia: Shigeru Watanabe, Junko Sakamoto, e Masumi Wakita, da Universidade de Keio, Japão, (Keio University), pelo seu sucesso no treino de pombos para distinguirem entre pinturas de Picasso e Monet.

- Prêmio de Odontologia: Robert H. Beaumont, de Shoreview, Minnesota, pelo seu estudo incisivo "A preferência dos pacientes por fio dental encerado ou não encerado" (Patient Preference for Waxed or Unwaxed Dental Floss).

(informação extraída do site "WIKIPÉDIA" em 15.03.2010)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...