Páginas

8 de mar de 2013

Singela Homenagem




Resolvi republicar esse texto, pois a cada ano que passa ele se torna mais verdadeiro...

Porque hoje é um dia que percebo como Deus foi generoso comigo.

Primeiro, ao me conceder uma Mãe que até hoje está presente em minha vida, demonstrando um amor e dedicação independentemente de qualquer atitude que essa criatura “sem noção” que eu sou possa vir a ter (por isso que acredito que realmente não devemos culpar nunca as mães pelos filhos que tem...)

Segundo, por me conceder uma Esposa maravilhosa, parceira em todos os momentos, a qual eu sempre repito que com certeza irá para o Céu por aturar, também com muito amor, todas as minhas “insanidades” diárias (falar que ela é “guerreira” é pouco pelo o que faço ela passar...)

E, por fim, por ter me agraciado com duas filhas que representam hoje com certeza a maior riqueza que possuo, pois a cada dia me propiciam conhecer talvez uma das formas de amor mais bela, que é a dos pais para os filhos (e Elas conseguem demonstrar esse amor mesmo tendo um pai que enquanto normalmente dizem que os pais é que tem trabalhos com os filhos, no caso delas é o contrário...)

Assim, no dia de hoje, não poderia deixar de prestar uma singela homenagem, singela essa uma vez que as palavras aqui expressas não chegam nem perto de descrever precisamente o que é essa uma das maiores criações de Deus, na minha modesta opinião, mas que representam um pouco do meu pensamento a respeito desse Ser conhecido como Mulher.

Assim, seguem dois textos que já havia publicado anteriormente nesse meu espaço virtual, e que recoloco hoje em homenagem a todas as Mulheres do Mundo pelo seu Dia, mas especialmente a essas que mencionei nesse texto, as quais eu tentarei por toda a minha vida dedicar o meu amor.

Abs.,

Glauco

O Homem e a Mulher
(Victor Hugo)

O Homem é a mais elevada das criaturas, a Mulher é o mais sublime dos ideais!

Deus fez para o Homem um trono, para a Mulher, um altar. O trono exalta, o altar santifica!

O Homem é o cérebro, a Mulher, o coração. O cérebro produz a luz; o coração, amor. A luz fecunda; o amor ressuscita!

O Homem é o gênio, a Mulher é o anjo... O gênio é imensurável; o anjo, indefinível!

A aspiração do Homem é suprema glória; a aspiração da Mulher, a virtude suprema... A glória traduz grandeza, a virtude traduz divindade!

O Homem tem a supremacia; a Mulher, a preferência... A supremacia representa a força, a preferência representa o direito!

O Homem é forte pela razão; a mulher é invencível pela lágrima... A razão convence, a lágrima comove!

O Homem é capaz de todos os heroísmos; a Mulher, de todos os martírios... O heroísmo enobrece; o martírio sublima!

O Homem é o código; a Mulher, o evangelho... O código corrige; o evangelho aperfeiçoa!

O Homem é o templo; a Mulher, um sacrário... Ante o templo, nos descobrimos; ante o sacrário, ajoelhamo-nos!

O Homem pensa, a Mulher sonha... Pensar é ter cérebro; sonhar é ter na frente uma auréola!

O Homem é um oceano; a mulher, um lago... O oceano tem a pérola que o embeleza, o lago tem a poesia que o deslumbra!

O Homem é a águia que voa; a Mulher, o rouxinol que canta... Voar é dominar o espaço, cantar é conquistar a alma!

O Homem tem um farol: a experiência; a Mulher tem uma estrela, a esperança... O farol guia, a esperança salva!

Enfim, o Homem está colocado onde termina a Terra; a mulher, onde começa o Céu!





SER MULHER...
(autoria desconhecida)

Ser mulher é viver mil vezes em apenas uma vida, é lutar por causas perdidas e sair sempre vencedora; é estar antes de ontem e depois de amanhã, é desconhecer a palavra recompensa apensas de seus atos.

Ser mulher é caminhar na dúvida cheia de certezas; é correr atrás das nuvens num dia de sol e alcançar o sol num dia de chuva.

Ser mulher é chorar de alegria e muitas vezes sorrir com tristeza; é cancelar sonhos em prol de terceiros, é acreditar quando ninguém mais acredita; é esperar quando ninguém mais espera.

Ser mulher é identificar um sorriso triste e uma lágrima falsa; é ser enganada e sempre dar mais uma chance; é cair no fundo do poço e emergir sem ajuda.

Ser mulher é estar a mil lugares de uma só vez; é fazer mil papéis ao mesmo tempo; é ser forte e fingir que é frágil para ter um carinho.

Ser mulher é comprar, emprestar, alugar, vender sentimentos, mas jamais dever; é construir castelos na areia, vê-los desmoronando pelas águas e ainda assim amá-las.
Ser mulher é estender a mão a quem ainda não pediu; é doar o que ainda não foi solicitado.

Ser mulher é não ter vergonha de chorar por amor; é saber a hora certa do fim, é esperar sempre por um recomeço.

Ser mulher é ser mãe dos seus filhos e dos filhos dos outros e amá-los igualmente; é ser nova quando o coração está a espera do amor, ser crescente quando o coração está se enchendo de amor, ser cheia quando ele já está transbordando de tanto amor e minguante quando este amor vai embora.

Ser mulher é hospedar dentro de si o sentimento de perdão; é voltar no tempo todos os dias e viver, por poucos instantes, coisas que nunca ficaram esquecidas.

Ser mulher é cicatrizar feridas de outros e inúmeras vezes deixar as suas próprias feridas sangrando.

Ser mulher é ser princesa aos 20, rainha aos 30, imperatriz aos 40 e especial a vida toda.

Ser mulher é saber ser super-homem quando o sol nasce e virar Cinderela quando a noite chega.

Ser mulher é, acima de tudo, um estado de espírito; é uma dádiva; é ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo.


(textos extraídos de postagens anteriores desse blog em 08.03.2013)



2 comentários:

Carlinha Prinx disse...

Amei *-* parabéns está simplesmente linda a homenagem bjux

Madalena Schutze disse...

Oi Glauco, parabéns a familia.
A homenagem está linda,na tua modesta opinião enalteceu o amor pela tua familia e mulher.
As meninas devem ter um tesouro de pai, e a esposa uma paixão de marido.
Fiquem com Deus.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...