Páginas

8 de fev de 2013

Especial e Despedida...


Bom dia a todos...

Tenho de explicar que a sexta-feira sempre foi o dia que eu recebia a visita de um pequeno amigo virtual, que aparecia com suas travessuras...

Contudo, mesmo sendo esse meu pequeno parceiro extremamente criativo para aprontar das suas, chegou o dia que não há mais peraltices do mesmo nível das anteriores para aqui serem descritas.

Assim, agradecendo a todos que acompanharam esse meu amigo, digo que hoje ele está se despedindo, com uma seleção de suas melhores travessuras, inclusive para que todos possam lê-las no Carnaval...

Assim, com um “ATÉ LOGO” do JOÃOZINHO, um ótimo Carnaval a Todos...

Abs.,

Joãozinho e Glauco.




1) A professora perguntou:

- Quem quer ir para o céu?

Todos levantaram a mão, menos Joãozinho.

- Por que você não que ir para o céu, João? - perguntou a professora com ar desconfiado.

E o menino retrucou:

- É que a minha mãe pediu para que quando acabasse a aula eu fosse direto para casa.



2) Joãozinho foi até o sorveteiro e perguntou:

-Tem sorvete de ervilhas?

-Não.

No outro dia ele voltou e perguntou de novo:

-Tem sorvete de ervilhas?

-Não.

Então o sorveteiro pensou:

-Se eu fizer um sorvete de ervilhas para este menino, ele vai parar de me encher.

E ele fez o tal sorvete. No dia seguinte, Joãozinho voltou lá e perguntou:

-Tem sorvete de ervilhas?

-Tem.

-Eca!



3) A mãe de Joãozinho estava grávida, e perguntou a ele o que preferia ganhar: um irmãozinho ou uma irmãzinha.

Joãozinho responde:

- Mamãe, se não for pedir muito, eu gostaria de uma bicicleta.



4) Joãozinho foi em uma festa e comeu muita batatinha. Claro que ele ficou passando mal.

Verde e com muita vontade de vomitar, ele disse para seu coleguinha:

- Ugh, estou passando mal.

O coleguinha respondeu:

- Vá ao banheiro e enfie o dedo na garganta, aí você põe tudo para fora e melhora.

Aí Joãozinho responde:

- Ora, se ainda coubesse alguma coisa na minha garganta, eu comeria mais batatinhas.



5) Joãozinho foi ao circo.

O Apresentador do circo disse:

-Dou R$3.000.000,00 para quem fizer nosso elefante saltitar, sentar e falar! Quem se oferece?

Joãozinho levanta a mão e diz:

-Eu até faço, mas tem que apagar a luz!

E as luzes se apagam.

Joãozinho dá um chute nas partes intimas do elefante e ele começa a saltitar "de dor".

-Aplausos! - Diz o apresentador do circo - Segunda tarefa: fazê-lo sentar!

-Apaga a luz! - Diz Joãozinho.

E as luzes se apagam.

Joãozinho pega um taco de golfe e da uma segunda pancada nas partes intimas do elefante e as luzes se acendem.

O elefante senta "de dor".

-Incrível! - Diz o apresentador - Terceira e última tarefa, a mais difícil de todas! Fazer nosso elefante falar!

- Apaga a luz! - Diz Joãozinho.

Nisso o elefante grita:

- NÃO APAGA NÃO !!!



6) O professor chega na classe de manhã cedo, estressado pelo baque no seu carro, a multa pelo estacionamento e a chuva que ele pegou para entrar na escola, e, pensando em descontar a raiva, vira para a turma e diz:

-Turma, tenho uma pergunta valendo 3 pontos, aquele que não responder não ganha, aquele que responder errado perde os 3 pontos que já conquistou.

Para responder a pergunta temos o seguinte problema: Um avião sai de Amsterdan seguindo à noroeste, com uma velocidade de 800km/h, com uma pressão de 1004, 5 milibares, a umidade relativa era de 66% e a temperatura 20, a graus C. A tripulação era composta por 5 pessoas, a capacidade era de 45 assentos para passageiros, o banheiro estava ocupado e havia 5 aeromoças, sendo que uma estava grávida e a outra estava de folga), o copiloto era cego e o piloto estava bêbado. A pergunta é. . . Quantos anos eu tenho? 
Os alunos ficam assombrados. O silêncio é total.

Então o Joãozinho, lá do fundo da sala, sem levantar a mão, diz e pronto:

-44 Anos, professor!

Todos , surpresos, olham para Joãozinho, e o professor boquiaberto, diz:

-Caramba, está certo. Eu tenho 44 anos. Mas como você adivinhou?

E Joãozinho diz:

- Bem, eu deduzi porque eu tenho um primo que é só meio idiota, e ele tem 22!



7) Um sujeito está andando na calçada quando ele vê na sua frente Joãozinho com um chapéu de bombeiro sentado num carrinho vermelho que está sendo puxado devagarzinho por um grande cão Labrador.

Chegando mais próximo, ele vê que Joãozinho está segurando uma corda amarrada nas partes intimas do cachorro, o que explica por que ele se movimenta tão devagar.

Sorrindo, o sujeito fala a Joãozinho:

- Você tem um bonito carro de bombeiro, Joãozinho. Mas você poderia ir mais rápido se pusesse a corda no pescoço do cachorro.

- Eu sei - responde Joãozinho - mas aí eu ia ficar sem a sirene !



8) Irritado com seus alunos, o professor lançou um desafio:

- Aquele que admitir que é burro, faça o favor de ficar de pé!

Todo mundo continuou sentado. Eis que, instantes depois, o Joãozinho se levanta. O professor pergunta:

- Ah, então você admite que é burro?

- Não, professor. É que fiquei com pena de ver o senhor aí em pé, sozinho...



9) Uma professora pediu um trabalho para seus alunos: Que eles levassem pra escola objetos que são utilizados no hospital, dizendo o que o adulto que deu o objeto falou.

O Carlinhos levou uma seringa, disse que seu pai falou que serve para aplicar injeções.

Já a Marina levou um termômetro, disse que sua tia falou que serve para medir a temperatura do corpo.

Já o Joãozinho levou uma bomba de ar, dada por sua avó. A professora perguntou o que sua avó falou, e Joãozinho respondeu:

- Minha avó disse: “Devolve, Devolve, Devol, Devo, Deeeeeeee...”



10) Na aula de português a professora pergunta para o Joãozinho:

- Se eu digo "fui bonita" é passado. Se digo "sou bonita" o que é, Joãozinho?

E o menino rapidamente responde:

- É mentira...



11) Joãozinho é colocado na cama pelo seu pai.

Cinco minutos depois:

- Pai...

- O que é menino...

- Você pode trazer um copo com água para mim, estou com sede?

- Não, apague a luz e vá dormir...

Mais cinco minutos:

- Pai...

- O que é menino...

- Eu estou com sede! Posso ir tomar um copo com água?

- Já disse que não! Se me perguntar novamente irei até aí e lhe darei umas palmadas!

E, depois de cinco minutos:

- Pai...

- O que é menino...

- Quando o senhor vier me dar umas palmadas, dá para trazer um copo com água?

12) A professora pergunta para Mariazinha:

- Mariazinha, o que é mais rápido?

E a menina responde:

- A luz professora.

- Muito bem. Agora você Nelsinho, o que é mais rápido que a luz?

- O pensamento professora.

- Muito bem. Agora você Joãozinho, o que é mais rápido do que o pensamento e a luz?

- Dor de barriga professora.

- Como assim? Que resposta é essa, Joãozinho?

- Eu deduzi professora.

- Como assim?

- É que outro dia me deu dor de barriga, e não deu tempo nem de pensar, muito menos de acender a luz...



13) A vovó repreende o neto:

— Joãozinho, por que você atirou uma pedra na cabeça do teu primo?

— Ele me beliscou!

— E por que você não me chamou?

— Pra quê? A senhora não iria acertar uma...

14) A mãe do Joãozinho entra subitamente na cozinha e pega o filho tirando chocolates de dentro do armário, para comer escondido. Ela exclama, com surpresa:

— Francamente, Joãozinho! Estou admirada de encontrar você aqui!

— Pois saiba, mãe, que a minha surpresa foi muito maior que a sua !!! Pensei que a senhora tinha saído...



15) Na escola, a professora perguntava pra cada um de seus alunos:

- Joaninha você tem medo do que?

- Ah, professora eu tenho medo da mula sem cabeça – responde Joaninha.

Então a professora explica:

- Mas, Joaninha, mula sem cabeça não existe, isso é só o folclore... E você, Chiquinho, você tem medo de que?

- Eu, professora, eu tenho medo do saci – diz Chiquinho.

E novamente a professora, calmamente, diz:

- Mas, meu filho, saci também não existe, isso são histórias... e você Joãozinho, do que tem medo do que?

- Bom, professora, eu tenho medo do MALAMEM... – diz quase em pânico o Joãozinho.

Aí a professora pergunta curiosa:

- Malamem, quem é o Malamem?

E o Joãozinho responde:

- Quem é ele eu não sei professora, mas toda noite antes de dormir a minha mãe reza e diz assim: e nos livrai-nos do MALAMEM...



16) A professora pergunta ao Joãozinho:

- Joãozinho, me dê três fatos que comprovem que a Terra é redonda!

Prontamente, Joãozinho responde:

- Meu pai diz que a Terra é redonda, o livro diz que a Terra é redonda, e a senhora também diz que ela é Redonda!!!


17) A professora na escola pergunta para o Joãozinho:

- Um ônibus caiu em um abismo. Onde está o sujeito dessa frase??

Joãozinho responde:

- Está lá embaixo, professora, só não sei se está vivo ou morto.



18) Joãozinho vai à farmácia.

- Seu Joaquim, me dê uma caixa de supositórios.

Distraído, o menino pega a caixa e vai saindo da farmácia sem entregar o dinheiro.

- É pra pôr na conta de sua mãe? - grita-lhe o farmacêutico.

- Não, é pro meu pai usar em outro lugar...



19) Num dia de chuva Joãozinho estava esperando o ônibus, quando passa uma morena pela rua, e um rapaz que também se encontrava no ponto de ônibus comenta:

- Que perfume delicioso...

A morena ouve, e toda feliz, responde:

- Perfume da Avon, 80 reais.

Um tempo depois passa uma loira, e o rapaz faz o mesmo comentário:

- Que perfume delicioso...

E a loira age da mesma forma que a morena respondendo:

- Perfume do Boticário, 150 reais.

Finalmente chega o ônibus, e apesar de lotado, Joãozinho e o rapaz ingressam no ônibus.

Com os vidros do ônibus fechados por causa da chuva forte que caia, Joãozinho de repente tem aquela vontade de soltar os gases do estômago, e não conseguindo controlar, acaba soltando os gazes, e o rapaz que estava com ele no ponto comenta:

- Nossa, que cheiro horrível...

Aí Joãozinho responde:

- Batata doce, 80 centavos o quilo.



20) Joãozinho tinha um amigo chamado Jesus.

Um dia Joãozinho propõe para o amigo:

- Jesus, eu tive um idéia, vamos roubar goiaba lá naqueles pés no fundo do terreno da igreja?

Jesus aceita e diz:

- Vamos Joãozinho, tava mesmo precisando me divertir...

Chegando lá, Joãozinho diz:

- Jesus, tu sobe que eu aparo as goiabas aqui embaixo quando caírem.

Jesus, que se encontrava descalço, responde:

- Tudo bem, Joãozinho, mas me dá tuas sandálias pra eu conseguir subir, se não meus pés irão doer. E fica vigiando pra ver se o padre num vem.

Joãozinho concorda e lhe entrega as sandálias. Jesus sobe, e Joãozinho fica aparando as goiabas, quando, de repente, Joãozinho avista o padre vindo em sua direção, e começa a gritar para seu amigo, olhando pra cima do pé de goiaba:

- JESUS! JESUS! JESUS!!!

O padre chega perto de Joãozinho e diz:

- Meu filho, Jesus encontra-se no Céu, sentado a direita de Deus Pai...

Aí Joãozinho diz bravo:

- Safado, levou minhas sandálias...



21) Na sala de aula, a professora pergunta para a Mariazinha:

- Mariazinha, o que significa a formula H2SO4 ?

Mariazinha começa a pensar e responde:

- Eu sei... Eu sei... Está na ponta da língua...

Joãozinho ouvindo a última frase da amiga, rapidamente dá um tapa na cabeça dela e diz agitado:

- Cospe, Cospe, que é Acido Sulfúrico!



22) O Joãozinho chega em um restaurante com o pai, e o pai diz ao garçom:

- Eu quero um café.

Joãozinho aproveita o momento:

- Eu também quero um café.

Após o garçom sair, o pai do Joãozinho pergunta para o garoto:

- Por que você pediu um café ? Você ainda é criança.

Joãozinho responde um pouco indignado:

- Não pai, eu já sou adulto.

O garçom traz os cafés, Joãozinho experimenta e diz:

- Está gelado.

O garçom leva e após alguns momentos retorna com outro café. Joãozinho experimenta de novo, e diz:

- Está gelado.

Depois de algumas vezes a cena se repetir, o garçom irritado leva o café e o deixa no fogão do restaurante, na temperatura mais alta, por uns 10 minutos.

Ao trazer para o garoto, pergunta:

- Agora está bom, senhor ?

Joãozinho responde ao experimentar:

- Agora sim.

Nisso, Joãozinho deixa de lado o café e começa a comer, para espanto do pai e do garçom.

Então, o pai pergunta:

- Você não vai beber o café?

Joãozinho olha para o pai, sorri, e responde:

- Vou esperar esfriar...



23) Joãozinho estava indo para aula atrasado, quando seu pai gritou:

- Joãozinho, pede para professora te liberar mais cedo hoje, porque sua mãe vai chegar da maternidade com seus irmãozinhos gêmeos!

Joãozinho responde sorrindo:

- Está bem, papai !

Depois de algumas horas chega Joãozinho. A mãe fica surpresa ao ver o filho cedo em casa, antes do termino da aula e pergunta:

- Joãozinho porque você chegou cedo hoje?

Aí o Joãozinho explica:

- Por que falei para a professora que a senhora ia chegar do hospital com o meu irmãozinho hoje!

A mãe questiona novamente:

- E por que você não falou para ela que eram dois irmãozinhos, que eles são gêmeos?

Então Joãozinho explica:

- Mamãe, a senhora acha que eu sou bobo? Deixei o outro irmãozinho para a semana que vem...



24) Joãozinho e sua mãe foram passear de ônibus.

Quando já estavam dentro do ônibus, a mãe percebeu uma placa avisando: CRIANCAS MENORES DE 10 ANOS NAO PAGAM PASSAGEM.

Vendo a placa, a mãe cochicha com Joãozinho:

- Joãozinho, se o cobrador perguntar quantos anos você tem, diga que tem 10 anos, e não onze anos, tudo bem?

- Está bem, mamãe - responde Joãozinho.

Ao passarem na catraca, o cobrador realmente pergunta:

- Quantos anos você tem, menino?

- Dez anos - responde Joãozinho.

Aí o cobrador insiste:

- E quando você fará onze?

Joãozinho não tem dúvida ao responder:

- Quando eu descer do ônibus.



25) Joãozinho foi na padaria e perguntou ao padeiro:

- Tem ferradura ?

O padeiro responde:

- Não.

No outro dia, Joãozinho retorna:

- Tem ferradura?

O padeiro novamente:

- Não.

Depois de uma semana Joãozinho perguntando todo dia se na padaria havia ferradura, o padeiro responde irritado:

- Já disse que não !!! Se voltar aqui, e perguntar se tem ferradura, eu te prego na parede...

No dia seguinte, Joãozinho volta e questiona:

- O Sr. tem prego?

Aí o padeiro responde:

- Não.

Joãozinho sorri e diz:

- Então, tem ferradura?



26) Uma professora de creche observava as crianças de sua turma desenhando. Quando chegou perto de Joãozinho, que trabalhava intensamente, perguntou o que ele desenhava.

O menino respondeu:

- Estou desenhando Deus.

A professora para e explica:

- Mas ninguém sabe como é Deus, Joãozinho.

Sem piscar e sem levantar os olhos de seu desenho, Joãozinho responde

- Então saberão dentro de alguns minutos, quando acabar meu desenho.



27) Joãozinho fez seu dever de casa com pressa, bem rápido. Sua mãe ao ver que ele já tinha terminado, diz ao menino:

- Joãozinho, por que você fez tão rápido o seu dever? Você sabia que a pressa é inimiga da perfeição?

Ele olha para a mãe e já vai se defendendo

: - Ah mãe, eu não tenho nada a ver com isso. Dessa vez a culpa não é minha... Elas que façam as pazes.



28) A mãe pergunta para o Joãozinho:

- Então, Joãozinho, como foi o espetáculo de balé na sua escola?

Joãozinho explica:

- Ah, mãe, nem te conto, passei o espetáculo inteiro dormindo... Tava muito chato... Mas uma coisa eu não posso negar, os dançarinos são muito educados!

Aí é a mãe que não entende e pergunta:

- Educados? Como assim?

Joãozinho explica novamente:

- É que eles viram que eu estava dormindo, e ficaram o tempo todo dançando na pontinha dos pés !!!

(seleção das melhores piadas do Joãozinho publicadas nesse blog, realizada em 08.02.2013)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...