Páginas

27 de ago de 2012

A Verdade que Incomoda...


A VERDADE QUE INCOMODA...



"Gosto um pouco mais da verdade quando sou eu que a descubro e não outro que me a mostra." (Vilhelm Ekelund)

Ditados populares. Uma vez ou outra, me pego analisando um deles.

Talvez por acreditar que os ditados populares sejam uma das provas de que qualquer pessoa, qualquer acontecimento, qualquer coisa que aconteça em nossas vidas, tem ensinamentos que podemos retirar e conseqüentemente evoluirmos como seres humanos...

Também reforçam minha idéia que devemos sempre ser humildes e estarmos preparados para recebermos e colocarmos em prática tais ensinamentos, nunca menosprezando ou humilhando nada ou ninguém, pois não somos os donos da razão, muito menos do mundo em que vivemos, já que a todo o momento podemos aprender algo que não sabíamos, inclusive por ditados ditos por muitos...

Mas, voltando ao que quero escrever, parei para analisar dois ditados, um que diz que “a verdade dói...”, e outro, sobre o qual fiz uma análise mais profunda, que diz que “os incomodados que se mudem...”

Quantas vezes em nossas vidas, percebemos que estamos errados em alguma coisa, e por orgulho, egoísmo, raiva, e outros sentimentos que não considero como os melhores para expressarmos, nos recusamos a mudar a nossa atitude.

E, nessa hora, quando ouvimos uma palavra amiga nos criticar, apontando o caminho certo a ser seguido, ao invés de mudarmos de atitude, ficamos incomodados com a pessoa que a pronuncia.

Chegamos a ponto várias vezes de nos chatearmos com a pessoa, embora saibamos que o erro é nosso...

Em outras vezes, a chateação atinge um grau de mágoa, embora tenhamos a consciência que o errado somos nós...

Dizemos em algumas vezes que a pessoa não tem o direito de querer interferir na nossa vida daquela forma, mas sabemos que se mudarmos a nossa vida para o que ela está dizendo, poderemos ser muito mais felizes...

Ou seja, cheguei a conclusão que quando a verdade dói, quando a verdade nos incomoda, e porque percebemos, pelo menos lá no fundo de nossa alma, que não estamos agindo de acordo com a verdade.

E que não é a pessoa que está errada em agir daquela forma, mas sim nós, que ficamos incomodados, é que devemos mudar e agir corretamente. Afinal, os incomodados que se mudem...

Pensei em outro ditado popular nesse ponto, que expressa que “existem verdades que não devem ser ditas...”, mas desde que há pronunciemos na busca do bem ao próximo, e tentando sempre acertar a forma de pronunciá-las, acredito que devam ser pronunciadas sim...

Mas não farei uma análise desse ditado no momento, e espero que realmente esteja sempre preparado e de mente e coração aberto para absorver as verdades que o mundo e a vida me oferecerem, cada vez menos me incomodando com elas...

Abs.,

Glauco.

"Raramente a verdade é pura, e nunca é simples." (Oscar Wilde)



2 comentários:

desiveloso disse...

Muito bom o texto e bem verdadeiro...
desiveloso.blogspot.com.br

Alfeu Gomes disse...

Olá Glauco,
Eu adepto sempre a dizer a verdade doa em quem doer e muitas das vezes sou julgado por isso, porque muitos falam que as vezes é melhor não falar totalmente a verdade,isso pode ser até um defeito meus mas gosto sempre de falar de uma vez do que ficar dando voltas e inventar algo para amenizar.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...