Páginas

9 de jun de 2012

Coisas da Infância...





Coisas da Infância...


Bom dia a todos.

Além do Blog do “Salve o Bule”, mantive com minha esposa um outro Blog durante um período, o “Coisas da Infância”, onde a ideia era da divulgação de experiências desta incrível fase da vida, a infância.

Para tanto, eu e a minha esposa, além das recordações felizes da nossa própria infância, contamos com novas experiências compartilhadas com nossas amadas duas filhas.

Porém, devido a outras atribuições que temos em nossa vida além da atualização dos “Blogs”, principalmente do trabalho, o “Coisas da Infância” ficou sem publicações durante muito tempo...

Pensando nisso, tive a ideia de unificar os “Blogs”, ou seja, de publicar no Blog do “Salve o Bule” uma Coluna intitulada “Coisas da Infância”, onde seriam divulgadas sugestões de passeios, filmes, desenhos e muito mais, sempre com a finalidade de curtir muito esse momento incrível da vida, a infância.

Porém, mesmo assim, essa coluna acabou ficando esquecida, e sem publicações durante muito tempo...

Mas hoje, resolvi fazer com que ela aparecesse de novo, e para esse ressurgimento, resolvi escolher um vídeo de uma canção de um desenho animado que assistia há alguns anos atrás com minha filha mais velha. 

Trata-se de uma divertida declaração de amor, aliás, como não poderia se esperar nada de diferente de alguém sem noção como eu...

Abraço a todos e espero que curtam, podendo até cantarem juntos, pois estou disponibilizando a letra. 

Abs., 

Glauco.

 


Flutuando Com Você
(Padrinhos Mágicos)

Wanda: Ele é minha sina, mas também me ilumina
Junto dele é onde quero ficar
Sei que é distraído e até atrevido
Mas eu mesmo assim sou seu par
Através de cada momento de aperto, de dor
Quaisquer que sejam os ventos, seja onde for
Eu enfrento as dificuldades sem desfalecer
Se estou flutuando com você

Cosmo: Eu a vi passeando, minha mãe foi cortando
Mesmo assim eu logo gamei
Apesar do meu cheiro, meu fedor de chiqueiro
E dos micos que eu pago, o apoio dela eu ganhei
Eu sei que sou esquecido, mas não é por mal
Eu nado após o almoço e acho normal
Sei que não tem importância em errar o dever
Se estou flutuando com você

Cosmo e Wanda: Apesar disso tudo ser um grande absurdo
Nos apuros unidos vamos ficar
Wanda:Sou fiel e guerreira
Cosmo:E eu estou na traseira
Cosmo e Wanda: Vamos dar as mãos e continuar

Wanda: Olha, eu sei que sou resmungona
Cosmo: Eu penso assim também
Wanda: Eu sei que sou mandona
Cosmo: E como é meu bem!
Cosmo: Agora mais do que nunca
Cosmo e Wanda: Iremos nos entender
Eu sei que consigo vencer o perigo
Se estou flutuando com você...

(vídeo extraído do site “daylimotion” e letra extraída do site “letras.terra” em 09.06.2012)

2 comentários:

Lidiane Franqui disse...

Eiii.. que bonitinho!!

Adoro as coisas da infância! Certamente que estarei acompanhando sua coluna, assim como o blog.
Muito feliz sua postagem, adorei!
Fica com Deus!

Djair Souza disse...

Muito legal, também vez por outro a memória me traz de brinde "recuerdos" de quando pequenino, que levo pro blog também.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...