Páginas

19 de mar de 2012

Fragmentos Lunares...


"Nos chamam de loucos, num mundo em que os certos fazem bombas." (Bob Marley)

Outro dia, um colega meu de trabalho comentou que eu vivo em outro mundo, num mundo particular meu, e quando necessário, viajo para esse mundo para viver a minha vida normal.

E, ao ver que tal colega chegou muito próximo da forma que meus pensamentos ocorrem, passei a analisar a minha vida no Mundo da Lua, analisando e colhendo fragmentos lunares...

Fragmentos esses que quando venho ao Mundo Real, tento carregá-los comigo, pois podem me ajudar a “solidificar” a pessoa que sou, uma vez que de sua análise posso extrair mais conhecimentos e aprimorar o meu caráter e forma de agir. São, portanto, fragmentos extremamente preciosos para mim.

Por outro lado, tento evitar carregar fragmentos que apenas servem para tornar a viagem mais pesada, e conseqüente deixa-me mais aborrecido e cansado para continuar o meu trajeto.

Porém, por ser falível, as vezes erro a análise dos fragmentos, e acabo carregando um desses fragmentos mais pesados, o que me também propicia conhecer melhor as “pedras” que encontro no meu caminho, e poder ter uma capacidade maior para ultrapassá-las, e dessa forma ter uma viagem mais tranqüila, sem tantos obstáculos.

Assim, por mais que deva deixar tais fragmentos no espaço, não os carregando comigo, sei que os mesmos também são importantes, pois me permitem cada vez mais melhorar minha análise, e, conseqüentemente, também me auxiliam na formação do meu caráter e da minha forma de agir.

E tenho a consciência que nessa análise contínua que realizarei desses fragmentos, haverão alguns que em determinados momentos poderão deixar de ser considerados como pesados, e passarem a ser de extrema importância de serem carregados, enquanto haverão outros que deixarão de ser preciosos, e deverão retornar de onde vieram...

Concluindo, ao juntar vários desses fragmentos lunares para conseguir desenvolver esse pensamento, espero que essa Viagem Lunar, possa ser realizada por muito tempo, e que cada vez mais possa separar os fragmentos que valem a pena serem mantidos comigo, para uma análise melhor e assim adquirindo mais conhecimento daquilo que realmente vale a pena, daqueles que não devem ser transportados pois apenas nos tornarão mais lenta a nossa viagem, pois acho que assim poderei me tornar um Ser Humano Melhor ao olhos de todos, quando estiver presente no Mundo Real.

Abs.,

Glauco.

"Quanto mais do mundo vi, menos pude moldar-me à sua maneira." (Jean Jacques Rousseau)

3 comentários:

Van disse...

Pura sabedoria!

Pura noção, rumo e caminho linear.

Belo texto, belo o seu interior e suas viagens á lua.

Beijos, Glauco

luciana disse...

Oi amor, bom dia!

Linda reflexão... acredito que cada um de nós viva no seu próprio mundo e que em conjunto devemos conviver em um mundo único. Trazer o que temos (de melhor ou não) do nosso mundo particular para esse mundo coletivo, é o que nos fará filtrar nossos erros e acertos. Com o tempo e com o desenvolvimento de nossa sabedoria, aproveitar o que temos de melhor nesses dois mundos, estaremos mais evoluídos e aí sim, poderemos dizer: tarefa cumprida!!!

Parabéns pela exposição de belíssima ideia!!!

Te amo!! (em qualquer mundo que você esteja)

Bjs
Lu

manoel : rabiscosdomane@gmail.com disse...

Dizem que a Lua é um pedaço que se desprendeu da Terra quando ela ainda estava em formação. Hoje a gente entende o porquê disso, foi para que o homem pudesse olhar para o céu e encontrar um pedacinho da Terra que permitisse sonhar. Traga grandes fragmentos Glauco e divida-os com a gente como você está fazendo.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...