Páginas

23 de jan de 2012

Resumir em uma Única Palavra...


“É preciso ter muito cuidado com o que se faz, pois é justamente quando nos julgamos menos livres que estamos a ser mais livres.” (Pablo Picasso)

Desde a época de escola, nunca fui muito bom em resumos, o que dirá se fazer numa única palavra.

Mas, nesse momento em que me encontro, durante essa “viagem louca” que chamamos de VIDA, eu acho que se fosse resumir o que sinto e penso, a palavra escolhida por mim seria LIBERDADE.

Isso porque a VIDA nos torna devedores de várias obrigações, mas temos a LIBERDADE de decidirmos se iremos cumpri-las ou não, e diante das atitudes que escolhemos LIVREMENTE tomar, sofreremos as conseqüências de tais atos.

Também porque a VIDA me concede a LIBERDADE de escolher aqueles que terei o carinho da amizade, ou aqueles que demonstrarei todo o meu amor, da mesma forma que me concede a liberdade de não ter tais sentimentos por outros semelhantes meus.

Tenho a LIBERDADE ainda de ter os meus gostos e preferências, que não precisam ser idênticos aos dos meus demais semelhantes, sabendo que devo ao menos respeitar a LIBERDADE que eles possuem de gostarem de coisas diferentes daquelas que eu aprecio.

Sou ainda LIVRE para reclamar daquilo que não me agrada no momento da vida que passo, embora saiba que aquilo que reclamo possa ser importante para outras pessoas.

Portanto, sou LIVRE em meus pensamentos, sonhos, ambições, sentimentos, em todos os meus atos, ou seja, SOU LIVRE PARA VIVER, e devo ter a consciência de que essa LIBERDADE é que conduzirá os meus passos durante essa minha existência.

Enfim, difícil resumir em palavras o sentido da LIBERDADE da minha vida, pois como mencionei, nunca tive muita habilidade para sintetizar aquilo que penso, mas mesmo acreditando que esse texto seria muito mais longo se assim eu me permitisse, acho que o essencial já foi dito, tendo todos a LIBERDADE de concordar ou não com o aqui expresso.

Abs.,

Glauco.

"Amo a liberdade, por isso deixo as coisas que amo livre. Se elas voltarem é porque as conquistei. Se não voltarem é porque nunca as possui.” (John Lennon)

3 comentários:

Jobenia Marina disse...

Olá Glauco , bom dia ,
Não se pode separar a paz da liberdade, porque ninguém pode estar em paz consigo mesmo se não é livre .

Grande abraço meu querido amigo

Menina das Agulhas disse...

Amor,

Simplesmente lindo... esse você se superou... deixe sempre seu pensamento LIVRE para que as palavras expressem seus sentimentos...

Te amo!!! Sempre...
Beijos
Lu

Jackie Freitas disse...

Olá meu querido amigo!
Nossa...quanto tempo não passo por aqui! Não pense que não sinto saudades! Só que a tal da liberdade, que tanto prezamos, se não for bem administrada, acaba nos levando por diversos caminhos... alguns deles nos fazem desencontrar os amigos queridos, porém nos fazem descobrir o quanto os admiramos e gostamos... Mas, é essa mesma liberdade que nos permite reencontrá-los e expressar os mais sinceros sentimentos. Sendo assim, meu amigo, sinto que tenho estado em débito contigo e com a Lu (um casal maravilhoso que tanto adoro), mas saibam que vocês permanecem em meu coração, até porque tenho a liberdade de escolher quem nele habita ou não.
A liberdade, para mim, é algo essencial na vida. Tenho o espírito livre e gosto de sentir que tenho o comando da minha vida. Sempre conversamos sobre nossas "escolhas e decisões", não é? Pois é... a liberdade nos permite escolher e quando a temos dentro de nós, assumimos as consequências de todas as escolhas.
Estou por aqui, tá? Nosso churras ainda está combinado (só falta decidirmos o dia...rsrs) e tenho certeza que neste dia teremos muito o que conversar e colocar em dia!
Grande beijo, cheio de carinho e saudades (em você, na Lu e nas meninas)
Da amiga de sempre,
Jackie

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...