Páginas

9 de dez de 2011

Piadas Leves - Para Descontrair (Com Recado do Joãozinho...)

Prezados Amigos,

Bom dia.

Há mais de um ano e meio, divido esse meu espaço com um Amigo Virtual, que acredito ajuda a alegrar a vida de todos com suas peraltices...

Contudo, esse Amigo Virtual disse que por mais que seja travesso, por mais que esteja sempre aprontando das suas, não consegue criar novas “façanhas” que alegrassem os amigos que aqui vinham acompanhá-lo, no mesmo nível das que ele realizou até esse momento.

MAS, NÃO QUERENDO SE DESPEDIR DE TODOS OS AMIGOS, ELE TEVE UMA IDÉIA, A QUAL EU APROVEI...

Assim, digo que a partir de hoje, o JOÃOZINHO não estará mais presente com suas “aventuras”, mas sim fará a seleção de uma série de piadas, sobre os mais variados temas, para continuar alegrando a todos os amigos que passam por aqui as sextas-feiras.

Portanto a partir de hoje, essas postagens que realizo as sextas-feiras terá o título:

PIADAS LEVES – PARA DESCONTRAIR (SELECIONADAS PELO JOÃOZINHO)

O Joãozinho e eu esperamos que todos se divirtam muito com essa seleção de piadas.

Abs.,

Joãozinho e Glauco.

PIADAS LEVES – PARA DESCONTRAIR (SELECIONADAS PELO JOÃOZINHO)



1) O rapaz chega no médico e diz:

— Doutor, doutor... eu estava jogando bola, ai minha perna foi CONFUNDIDA !

O médico sorri e questiona:

— Não seria CONTUNDIDA que está querendo dizer, meu jovem?

O rapaz então explica

— Não doutor, é CONFUNDIDA mesmo. Chutaram a minha perna, ao invés de chutar a bola...


 
2) O rapaz estava realizando compras em um supermercado, e reparou que uma velhinha lhe seguia pelas gôndolas empurrando seu carrinho e sempre sorrindo.

O rapaz parava para pegar algum produto, e a graciosa velhinha também parava, me olhando e sorrindo.

Chegando a fila do caixa, a velhinha virou para o rapaz e diz:

— Espero não tê-lo incomodado, mas você se parece muito com meu falecido filho...

Com um nó na garganta, o rapaz responde:

- Sem problemas, tudo bem...

Aí a velhinha lhe pergunta:

— Posso lhe pedir algo incomum?

O rapaz, sem saber o que esperar, responde:

— Sim. Se eu puder lhe ajudar...

A senhora idosa então pergunta:

— Você pode se despedir de mim dizendo "Tchau, mamãe, nos vemos depois"? Assim dizia meu filho querido... ficarei muito feliz!

O rapaz, novamente segurando o nó da garganta, responde:

— Claro, senhora, não há nenhum problema !!!

A senhora então passa suas compras pela caixa registradora, empurra o carrinho cheio com certa dificuldade, se volta sorrindo e, agitando sua mão, diz:

— Tchau, meu filho...

O rapaz, cheio de amor e ternura, lhe responde:

— Tchau mamãe, nos vemos depois?

A senhora então diz:

— Sim... nos vemos depois, meu filho.

O rapaz, contente e satisfeito com a ação que tinha praticado, passa as suas compras.

A moça do caixa então informa o valor a pagar:

— R$ 688,00.

O rapaz, espantado, exclama:

— Como? Mas comprei apenas um sabonete, duas pilhas e um desodorante ! Que valor é esse ????

A moça do caixa então diz

— É que a sua mãe disse que você também pagaria as compras dela...


 
3) Durante a guerra o capitão repara que um soldado está recuando, e o questiona:

— Soldado, por que está recuando?

O soldado justifica:

— Capitão, a Terra não é redonda? Pois então vou dar a volta e atacar eles por trás!


 

4) Dois amigos de infância se encontram na fila do banco, e um exclama ao outro:

— Amigo! Há quanto tempo!

O outro responde:

— É mesmo cara... Desde o ginásio... Já faz uns dez anos que eu não te vejo!

Aí o primeiro amigo pergunta

— E aí, o que tem feito na via?

O outro:

— Ah, eu virei escritor...

Então o primeiro diz:

— Sério? Que legal! Lembro que você adorava as aulas de redação... E tirava boas notas!

E o segundo amigo fala:

— Exatamente. Por isso resolvi viver da escrita.

O primeiro amigo então questiona:

— E ai, já vendeu alguma coisa?

E o segundo responde:

— Já... Até agora vendi a TV, o som, o telefone... Inclusive, quer comprar meu carro?



5) Numa livraria, entra um ladrão, chega no balão de empréstimos de livros e diz para a moça:

— A bolsa ou a vida!

Sem levantar os olhos, ela pergunta

— Quem é o autor de tal livro?


 
6) Um guarda rodoviário manda parar um carro que estava em baixíssima velocidade em uma cidade. Quando se aproxima, nota que dentro dele há quatro velhinhas. Com toda delicadeza, diz para a motorista:

— Minha senhora, me desculpe, mas a senhora não pode dirigir tão devagar em uma estrada como esta.

— Mas é a velocidade limite, seu guarda. Estava na placa lá atrás: BR-40.

— A placa era o número da estrada, minha senhora!

Então, o guarda percebe que as outras passageiras estão com os olhos esbugalhados. Preocupado, pergunta:

— E suas amigas, o que é que elas têm? Estão passando bem?

— Ah, seu guarda! É que eu acabei de sair da BR-260!

(piadas extraídas da Internet em 09.12.2011)

1 comentários:

Dú Pirollo disse...

Olá meu caro amigo Glauco, boa noite!!!
Bela decisão meu amigo, depois de todo esse tempo o Joãozinho tem que permanecer para apoio às piadas... Todas são excelentes, mas a da velhinha do mercado é sensacional... kkkkkkk.... o cara ficou na pior... nos deixa um belo ensinamento, nunca confie plenamente em um desconhecido, mesmo que seja uma pobre velhinha... rsrsrsrsrs... Valeu meu amigo, belo momento de descontração para este final de sexta-feira! Tenha uma ótima noite e um maravilhoso e abençoado final de semana! Grande abraço e muita paz!!!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...