Páginas

7 de nov de 2011

Pensando Bem, Não Sei ao Certo...


“O homem que sabe reconhecer os limites da sua própria inteligência está mais perto da perfeição.” (Johann Goethe)

Aprendi algumas lições na minha curta existência:

Primeiro, aprendi que nada acontece por acaso...

Segundo, um professor meu mencionou uma vez que levando em conta o período da existência humana, e tudo aquilo que já foi dito e pensado, é extrema arrogância acharmos que tudo aquilo que expressamos é original, que nunca foi dito ou pensado anteriormente...

E, reconheci por mim mesmo que diante de tantas idéias, tantas descobertas, tantos pensamentos já expressos, a parcela que conseguimos conhecer e aprender durante a nossa vida é extremamente pequena...

Isso sem dizer que o mundo é mutável, e aquilo que acreditamos como sendo hoje uma verdade absoluta, talvez amanhã se considerará como uma teoria totalmente infundada...

Portanto, não podendo nem ter a certeza que essas lições que aprendi durante a minha vida são corretas, me questiono como podemos achar que estamos sempre certos, que somos os proprietários de algo chamado Razão...

E retornando as lições que aprendi durante a minha existência, é a chamada Lei da Ação e Reação.

Assim, tento no máximo do tempo possível, sujeito a falhas obviamente, me colocar no lugar daquele que receberá nosso pensamento ou ato, que muitas vezes pode ser discordante do pensamento da pessoa, e verificar se realmente vale a pena agir ou me expressar daquela forma.

E, partindo da idéia que EU possa estar errado, tento escutar o pensamento e a atitude daqueles que discordam da minha forma de ser e agir, e tirar as lições que me possibilitarão melhorar como ser humano...

Acredito que no meu grau de evolução isso seja o mais próximo que possa chegar de outro ensinamento que acho extremamente belo, mas que para mim é o mais difícil de ser alcançado, que é se lhe derem um tapa em seu rosto, ofereça a outra face...

Enfim, cheguei à conclusão que termos a humildade de reconhecermos os nossos erros, tirarmos as lições que os mesmos nos trazem, e termos para os nossos semelhantes às mesmas atitudes que gostaríamos que eles tivessem para conosco, torna a caminhada da vida mais tranqüila e com menos obstáculos a serem ultrapassados.

Mas, como disse, não sei se essa conclusão é correta, pois afinal, é na incerteza que a vida nos coloca diariamente que temos a possibilidade de aprimorarmos nossos conhecimentos, que poderão também ser certos ou não...

E, diante de tantas dúvidas, não sei bem ao certo se essa é a melhor forma de expressar e encerrar esse pensamento, mas foi a melhor que encontrei.

Abs.,

Glauco

“Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar de opinião, porque não me envergonho de raciocinar e aprender.” (Alexandre Herculano)

2 comentários:

Adriano Gaúcho Poa disse...

A vida é um eterno aprendizado, estamos a cada dia procurando nos aprimorar em busca de uma vida melhor com mais sabedoria e dignidade.
Quem diz que sabe tudo, na verdade, não sabe nada, pois o saber a gente aprende a cada dia, errando, acertando, duvidando, tentando achar os porques, enfim... Viver é isso, é mudar, é crescer, é construir, é reconstruir, é fazer e desfazer, e assim segue os nossos dias, sempre buscando o melhor para nós mesmos, para o mundo e as pessoas que nos cercam.
Saber reconhecer nossas fraquezas é sinal de grandeza de caráter, questionar, mudar de opnião faz parte da vida de cada um de nós, a cada dia nos deparamos com situações inusitadas em nossas vidas que nos fazem pensar e tomar uma posição nem sempre condizentes com nosso jeito de ser mas condizente com a circunstâncias apresentadas no momento.
Estamos em constante evolução, nossos pensamentos acomapanham o ritmo do mundo em que vivemos, mudar as vezes é preciso, voltar atrás é o melhor caminho, enfim... Isso é viver!
Viva, erre, acerte, faça, refaça, monte, desmonte, prepare-se para enfrentar mudanças e e sejas firme para poder tomar a decisão certa no momento certo... Se for preciso dar a cara para bater, não te envergonhes, esta é a atitude dos sábios... Viver é um eterno aprendizado...
Continue assim amigão, você é uma pessoa de grande caráter.
Forte abraço...

Lau disse...

Glauco meu caro amigo!

Você voltou com a "corda toda"!
É um grande prazer vê-lo tecendo o relativismo filosófico centrado na linha temporal da existência humana.
Bem colocado estas diretrizes, e que não tem contestes.
Abraços, e aguardo mais alimentos para o meu pensar! Até

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...