Páginas

20 de jun de 2011

Brincar com Coisa Séria...


“Um dia sem rir é um dia perdido.” (Charles Chaplin)

Uma Grande Amiga Virtual mencionou uma vez para mim que do dia-a-dia podemos tirar as maiores inspirações para aquilo que queiramos expressar em nossos pensamentos.

Refleti sobre o que ela me disse, e hoje concordo plenamente com ela, sendo que esse texto surgiu de algumas coisas que li nos últimos tempos de outros amigos virtuais.

Não me considero alienado com o mundo, onde a violência, a corrupção, a fome, a pobreza, o descaso com o meio ambiente, o preconceito, entre tantas outras coisas ruins, me preocupam e muito, pois quero deixar as minhas filhas um lugar melhor para se viver do que temos hoje...

Porém, não acredito que apesar dessas coisas ruins ainda existirem em nosso mundo, deva ficar me martirizando e “martelando” tais assuntos, pois acho que vale mais a pena ressaltarmos o que há de bom, do que destacarmos o contrário.

Diante disso, como a maioria dos brasileiros, tento enfrentar as adversidades do cotidiano com bom humor, pois acredito que dessa forma se tornem mais fáceis de serem suplantadas.

Como exemplo, menciono algo que me ocorreu há alguns anos, onde após um dia atribulado no trabalho, cheguei irritado em casa, e ao abrir a porta, minha esposa pediu a minha filha mais velha (na época aprendendo a falar...) que repetisse o que ela tinha pronunciado durante o dia. Então ela, com um LINDO SORRISO no rosto me olhou e disse:

- Papai, te amo...

Foi uma das maiores provas daquilo que passei a acreditar nesses meus anos de experiência nesse mundo, que nós somos tão insignificantes diante de tudo que existe no Universo, e que se nós somos tão insignificantes, imagine o tamanho de nossos problemas e preocupações...

Aquele sorriso e aquelas palavras me fizeram esquecer tudo o que achava que tinha sido ruim aquele dia, e que me fez ver que serviram de ensinamento para eu dar maior valor aquele ato de amor.

Portanto, para que difundir sentimentos e pensamentos ruins, quando os pensamentos e sentimentos bons possuem o poder de superá-los com tanta facilidade?

Assim, por mais que existam problemas no mundo em que nós vivemos, sorriso e a alegria para mim são fortes armas para que venhamos a derrotá-los.

Eu bem sei que há momentos e determinados assuntos que devemos evitar a brincadeira, pois pode se tornar de extremo mau gosto, mas, buscando sempre respeitar aos outros e não ser inconveniente, ainda tenho fé que rir é um dos melhores remédios, o qual é um dos poucos que não custa nada.

Portanto, enquanto acreditar nisso que escrevi, levarei a vida a sério, mas de bom humor.

Abs.,

Glauco

“Brincar é condição fundamental para ser sério.” (Arquimedes)

3 comentários:

joselito bortolotto disse...

Como diz a propaganda da coca-cola, existem razões para acreditarmos que os bons são a maioria ....assim ...

Jackie Freitas disse...

Olá Glauco, meu querido!
Pois é! A vida nos dá, diariamente, provas de que temos, sim, razões para sorrir e não apenas chorar ou lamentar. Claro que não é, digamos, humano só vivermos rindo... Faz parte, inclusive, das conquistas um pouco de lágrima e dor; porém, não podemos fazê-las a nossa bússola, porque assim só encontraremos tristezas e lamentações pelo caminho. Ainda acho que tudo depende da forma que enxergamos as coisas, então, como dizem...façamos do limão uma boa e refrescante limonada!
Grande beijo,
Jackie

Gisele Munhoz disse...

Olá querido amigo Glauco!

Realmente estamos na mesma sintonia. Bela reflexão, acredito realmente que a vida pode ser mais leve, se quisermos que ela seja.

Bjokas
Gisele

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...