Páginas

30 de mai de 2011

Aconteceu de Novo...


“Se eu tivesse que viver a minha vida novamente, eu cometeria os mesmos erros, só que mais cedo.” (Tallulah Bankhead)

Há situações que se repetem em nossas vidas...

Por isso, voltarei a comentar sobre um assunto que já escrevi algumas vezes.

Na busca de nossos sonhos, de nosso crescimento pessoal e profissional, abrimos mão algumas vezes de oportunidades de sermos mais felizes, por medo de expormos aquilo que sentimos ou pensamos...

Digo que retomo o tema, pois já mencionei algumas vezes, que ao criar esse blog, em momento algum pensava em colocar opiniões ou pensamentos meus, pois sempre tive dificuldades de expressá-los.

Mas, diante de um determinado fato ocorrido em minha vida, utilizei-me desse canal para expressar o que estava sentindo, e qual foi minha surpresa em ser agraciado por amigos que elogiaram as minhas palavras, e muitos dizendo que tinham sentimentos semelhantes ao meu...

Percebi então que havia encontrado uma forma de demonstrar um pouco mais da minha pessoa, sem medo das conseqüências, até mesmo por ter visto que as conseqüências foram muito agradáveis.

Assim, retomo ao assunto, pois passei a achar que devemos sempre nos arriscar, claro que medindo sempre a conseqüência de nossos atos, e sempre buscarmos a melhor e mais fácil forma para demonstrarmos o que é nosso pensamento, o que é o nosso sentimento, ou seja, aquilo que somos...

Portanto, por mais que possa estar me tornando repetitivo (verificando, é a terceira vez que realizo uma postagem sobre o assunto), me arrisco novamente comentar sobre esse tema, pois, como mencionei das outras vezes, esse é o canal mais fácil para que eu extravase aquilo que sinto e penso.

Assim, antes de deixarmos nossas angústias, nossos medos, nossas inseguranças nos dominarem, eu entendo ser interessante tentarmos alcançar aquilo que buscamos, ou seja, como mencionei algumas vezes, devemos sempre alçar altos vôos, porém mantendo os pés no chão...

E, mais uma vez, como forma de incentivo a quem queira expor um pensamento ou sentimento seu, vou transcrever o primeiro pensamento meu que expus no blog, fazendo aqui um “2 em 1” (ou seja, dois textos numa mesma postagem), por ter ocorrido à repetição da mesma situação na semana passada...

E, finalmente, não tenham dúvidas que toda vez que as situações se repetirem em minha vida, eu vou querer me expressar sobre elas...

Só espero que os amigos não cansem de mim...(KKKK)

Abs.,

Glauco

“Não te coíbas de repetir o que já disseste, porque és pequeno e só assim talvez será possível que te ouçam.” (Vergílio Ferreira)


Apenas um pensamento meu...

Trata-se apenas de um pensamento meu.

Não tenho o dom que muitas pessoas apresentam de escrever belos poemas e crônicas, e que principalmente pude verificar ao mergulhar no mundo dos blogs.

Sendo assim, utilizo na maioria dos casos textos que recebo pela internet e por e-mail para divulgar aquilo que sinto e penso.

Contudo, resolvi escrever algumas poucas palavras, talvez motivado por estes belos textos que mencionei.

Terminei ontem de ministrar um curso que a empresa que eu trabalho me indicou como instrutor, e que durou três noites.

Ao terminar o curso, tive de imediato o retorno que tinha sido bem avaliado pelos alunos. Acredito que isso ocorra com todos quando realizamos nossa atividade com alegria e dedicação.

Mas não é sobre isso diretamente que quero me expressar.

Ocorre que, como muitos sabem, minha família é composta por mim, minha esposa e minhas duas filhas, uma bebê e a outra em idade escolar.

E durante essas três noites que estive ministrando curso, ao chegar em casa, minhas duas filhas já se encontravam dormindo, e a minha esposa, cansada das atividades do trabalho do dia todo, e de cuidar das crianças sem o meu auxílio, me esperava para dar boa noite e ia dormir, enquanto eu ainda ia preparar algo para jantar.

Pois bem, quantas vezes ouvimos que “para termos sucesso, devemos muitas vezes sacrificar a vida pessoal em favor do lado profissional”.

Estive pensando sobre isso e cheguei a conclusão que o sucesso maior que desejo alcançar é ter a oportunidade de chegar a minha residência e compartilhar com a minha esposa aquilo de bom e ruim que ocorreu durante o dia, e juntos e com amor aprendermos o que podemos melhorar para o próximo dia...

Que o sucesso maior que almejo é chegar em casa e ter o abraço da minha filha mais velha, perguntar como foi seu dia de escola e poder jogar videogame com ela, ou assistirmos um desenho junto, ou ela me contar as histórias do gibi ou do livro que ela está lendo...

Que o sucesso maior que busco é chegar em casa e ver o sorriso lindo da minha filha bebê, sorriso que todos conhecemos de nenês, e ver ela com a mãozinha fazer um gesto como se quisesse que eu fosse próximo a ela...

Que o sucesso maior que anseio é poder rolar no chão com minhas duas filhas, brincando, vendo a pequena engatinhar na minha direção e me escalar e escalar a irmã, enquanto eu, minha esposa e todos que compõe a família riem e percebem o amor dessa situação.

Que o sucesso maior que quero é ser um marido presente, e um pai atuante, que possa acompanhar todas as fases de crescimento das minhas filhas, sempre com amor e alegria de ambos os lados.

Concluindo, isto não quer dizer que deixarei de realizar cursos que for indicado pela empresa, mas acredito que, na medida do possível, se tiver sempre no coração e no cérebro esse sucesso maior que busco, terei sempre maior alegria e dedicação para continuar a ser bem avaliado nas minhas atividades profissionais.

Mas, essas palavras tratam-se apenas de um pensamento meu...

Abs.,

Glauco.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...