Páginas

6 de dez de 2010

Rotina...

Boa tarde.

Outro dia, expressei um pensamento meu sobre a rotina...

Talvez esse belíssimo texto abaixo represente melhor o meu sentimento...

Abs.,

Glauco.





Rotina...
(autoria desconhecida)

Estou cansado de trabalhar e ver todos os dias as mesmas pessoas no caminho; passar horas trabalhando.

Chego em casa e minha esposa sempre do mesmo jeito, com a mesma disposição, a mesma comida para o jantar. Entro no banho e logo ela começa a reclamar.

Quero descansar e assistir meu futebol, mas minhas filhas não me deixam, porque querem brincar comigo e conversar. Não entendem que estou cansado.

Meus pais também me irritam algumas vezes e entre trabalho, esposa, filhos, pais e ajudar a cuidar da casa, eles me deixam louco.

“Quero Paz”.

A única coisa boa é dormir.
Ao fechar os olhos sinto um grande alívio, me esqueço de tudo e de todos.

Ao dormir ...

- “Olá, vim te ajudar”.

- Quem é você? Como entrou?

- “Sou um servo de Deus. Ele disse que ouviu suas queixas e que você tem razão”.

- Isso não é possível, para isso eu teria que estar...

- “Isso, você está. Não se preocupará mais em ver sempre as mesmas pessoas, nem por agüentar a sua esposa com suas reclamações e sua disposição, nem suas filhas que te irritam, nem terá que escutar os conselhos de seus pais e não terá mais qualquer casa para ajudar a cuidar.”

- Mas... Que acontecerá com todos? Com meu trabalho? Minha casa ?

- Não se preocupe. No seu trabalho já contrataram outra pessoa para o seu lugar e ela certamente está muito feliz porque estava sem trabalho”.

- E minha esposa, minhas filhas?

- “A sua esposa foi dada um bom homem que a quer bem, a respeita e a admira por suas qualidades, aceita seus gostos e defeitos e todas as suas reclamações. Além disso, ele se preocupa com suas filhas como se fossem filhas dele. De certo, tem uma emoção muito grande já que é estéril. Por mais cansado que chegue do trabalho, dedica tempo a brincar com elas e para agradar sua esposa. Todos estão muito felizes”.

- Mas não quero isso!

- “Sinto muito, a decisão foi tomada”.

- Mas isso significa que jamais voltarei a beijar o rostinho das minhas filhas, nem dizer “eu te amo” a minha esposa e mostrar a eles o quanto são importantes na minha vida, nem dar um abraço nos meus pais.

- Não, não quero morrer, quero viver, envelhecer junto a minha esposa, fazer a viagem que há muito planejamos, levar minhas filhas ao passeio que sempre prometi. Não quero morrer ainda...

- “ Mas era o que você queria... Descansar.
Agora já tens seu descanso eterno, durma para sempre”.

- Não, não quero, por favor, Deus!

- “ Que aconteceu amor? Teve um pesadelo?” Disse minha esposa, me acordando com paciência e carinhosamente.

- Sim, um pesadelo horriv....

Parei a frase ao meio, olhei em seu rosto, seu semblante preocupado comigo, ali do meu lado, e então, sorrindo falei:

- NÃO, MEU AMOR... NÃO TIVE PESADELO NENHUM, TIVE UM ENCONTRO COM DEUS, QUE NOS ADORA, E QUE ACABA DE ME DAR UMA NOVA OPORTUNIDADE !

6 comentários:

Jackie Freitas disse...

Olá meu amigo Glauco!
Linda essa mensagem, não é?
Muitas vezes precisamos olhar as coisas por um outro prisma ou até mesmo colocar-nos na "ausência" delas, para sabermos de verdade o que representam... O inferno de uns pode ser o paraíso para outros... Rotina se muda acrescentando pelo menos um tempero diferente...um pequeno e até insignificante tempero faz toda a diferença!
Bela mensagem! Adorei!
Grande beijo,
Jackie

Samanta disse...

Olá querido amigo Glauco !!

Que belíssima reflexão ! Emocionante !!
Afinal quem de nós nunca reclamou destes fatos do dia a dia...
Ficamos irritados ou entendiados com a rotina, e muitas vezes adiamos nossos planos e deixamos de demonstrar nosso amor.
Além de ser egoísmo, é um tremendo desperdício de Vida !
Um dia isso nos será tirado, mais cedo ou mais tarde, e depois disso não haverá mais oportunidades...
Vou enviar para alguns amigos, quem sabe não os ajude a refletir sobre isso assim como me ajudou ;)
Adorei !!

Grande abraço pra você e sua família !

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

Davi via cada dia como um presente de DEus. “Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele”. Salmo 118:24. A melhor maneira de não permitir que a murmuração tome conta dos nossos corações por aquilo que não temos e louvar a DEus por cada dia que ele nos dar e por aquilo que ja temos. Uma boa tarde

Lailson "Chan Puu" disse...

Nossa Glauco... quando agente perde algo... ai agente sabe o real valor que se tem...

Passei por isso... e não desejo a ninguém!

Abraço

O magrinho !!! disse...

Parabéns pelo texto, irmão
Grande abraço !!!!!!

Verônica disse...

Olá Glauco!
Bela Mensagem!
Nós humanos devemos parar de reclamar da vida, da rotina seja lá do que for...
As pessoas estão muito individualistas e materialistas.
Devemos agradecer a Deus pela oportunidade de acordarmos a cada dia e precisamos valorizar mais as coisas simples da vida.
Parabéns!!!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...