Páginas

3 de nov de 2010

Duas opções...





“A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte !” (Indira Gandhi)

Um professor meu uma vez disse que em tantos anos que o ser humano existe e expressa os seus pensamentos e sentimentos, é muito improvável que venhamos a comentar sobre algo que alguém já não disse ou já escreveu...

Assim, acredito que já tenham escrito sobre a idéia que quero passar hoje, porém vou tentar expressá-la com as minhas palavras.

Pois bem, quantas vezes em nossas vidas somos obrigados a escolher entre duas opções: quente ou frio, claro ou escuro, grande ou pequeno...

Num grau maior, podemos pensar nas duas opções de aproveitarmos a vida, ou simplesmente envelhecer...

Muitas pessoas apresentam o medo de envelhecer, temendo a morte. Isso leva muitas vezes a deixar de perceber tudo de bom que a vida oferece e quanto temos a aprender em cada situação que nos é apresentada.

Em vez de se preocupar com o futuro, se vivessem o presente, com toda a intensidade e alegria que puderem, e utilizando do aprendizado do passado, quão mais felizes seriam...

E, se realmente vivessem na plenitude todas as situações que a vida nos coloca, procurando aprender com elas e desfrutar dos momentos bons que nos são ofertados, quando envelhecerem, poderão olhar para trás e dizer que tiveram a missão cumprida, sem se arrepender do que passou.

Concluindo, o que quero dizer é que não devemos ter o medo do envelhecimento, mas aproveitar cada fase da nossa vida da melhor forma possível, pois em todas elas teremos muitas alegrias e muitos aprendizados.

E, em relação a esse texto, todos que realizarem a leitura do mesmo também terão duas opções: concordarem com ele, ou, simplesmente ignorá-lo...

Um abraço,

Glauco.

“Tudo é um conto, assim como a vida; o importante não é o quanto dura e sim como é bom.” (Lucius Annaeus Sêneca)

4 comentários:

Beth Muniz disse...

Salve!
Imagina. Como ignorar sábias palavras.
É da cultura ocidental não saber lidar muito bem com o envelhecimento.
Precisamos aprender mais com os orientais.
Gostei muito.
Amigão, Forte abraço.

Jackie Freitas disse...

Olá Glauco querido!
Acredite, por mais que imaginemos que as palavras foram ditas à exaustão, que as "lições" foram ensinadas, nunca teremos "o suficiente" para orientar a nós e aos outros! Adorei a sua mensagem e fica sempre claro que o importante é saber aproveitar as opções, buscando nas decisões as escolhas que "suprem" as convicções. Eu costumo dizer que tão importante quanto usar do livre arbítrio para fazer suas escolhas, é assumir as consequências das decisões tomadas...Senão, encontraremos um monte de pessoas apenas lamentando, querendo "voltar o filme" e sonhando com o que poderia ter sido caso tivessem feito opções diferentes...
O caminho só tem uma mão! E é pra frente que ele segue!
Parabéns pelo belo texto!
Grande beijo,
Jackie

Arte e Café disse...

Boa tarde amigo Glauco
Devemos aproveitar cada momento presente.
Estamos aqui de passagem.
A vida nos oferece várias escolhas.
A opção para o nosso desenvolvimento espiritual, requer na prática de podermos ofertar o que há de melhor em nós.
Obrigada por compartilhar, tão sábia reflexão !
Grande abraço
Alba

Valéria Braz disse...

Glauco... saber envelhecer é a receita dos sábios!
Mas pra chegarmos lá precisamos aceitar primeiro que envelhecer é inevitável e que a juventude apenas uma fase da vida...
Enquanto acharmos que o que vale é a cabeça estar jovem, continuaremos lutando contra o amadurecimento e aprendizado, consequentemente continuaremos sem saber envelhecer....
Beijo no coração

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...